Notícias

Pandemia

Visitas em penitenciárias são proibidas por mais 30 dias

A medida começou a ser aplicada em março como forma de impedir o contágio pelo novo coronavírus (covid-19) nos centros de detenção federais

Pâmela Lima

2020-07-29 09:55:44


A portaria com a prorrogação da medida consta na edição de hoje do Diário Oficial da União de hoje (29) (Divulgação)

O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) manteve a suspensão de visitas, atendimentos de advogados, atividades educacionais e de trabalho, além de assistências religiosas e escoltas, por mais 30 dias em penitenciárias federais. A medida começou a ser aplicada em março como forma de impedir o contágio pelo novo coronavírus (covid-19) nos centros de detenção.

Segundo o departamento, o objetivo é “promover o máximo isolamento dos presos maiores de 60 anos ou com doenças crônicas, durante as movimentações internas nos estabelecimentos”. O Depen abriu uma exceção apenas para necessidades urgentes ou que envolvam prazos processuais não suspensos e que demandem a presença de advogados. As escoltas por requisições judiciais também serão cumpridas. A portaria com a prorrogação da medida consta na edição de hoje do Diário Oficial da União de hoje (29).

Com informações da Agência Brasil

Tags

Relacionadas