Mundo

Uma tribo etíope recicla o lixo do mundo moderno e transforma em acessórios de moda

Os Dassanech passam meses coletando tampas de garrafa e relógios quebrados que se transformam em jóias e acessórios

Waleska Rodrigues Barreto

Há 5 dias


Os Dassanech do sul da Etiópia. (Foto: Divulgação / Eric Lafforgue)
Os Dassanech do sul da Etiópia. (Foto: Divulgação / Eric Lafforgue)

A moda pelo mundo - Os Dassanech são uma tribo semi-nômade com cerca de 50.000 pessoas que vivem no Vale do Omo, no sul da Etiópia.

No passado, a tribo vagava de um lugar para outro pastoreando gado em áreas abertas de acordo com as estações do ano e as variações na disponibilidade de água. Mas ao longo dos últimos cinquenta anos, eles perderam a maior parte de suas terras, e também ficaram dependentes da agricultura.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Como muitas tribos da região, os Dassanech se mudaram para áreas mais próximas ao rio Omo, onde tentam cultivar o suficiente para sobreviver.

O fotógrafo francês Eric Lafforgue passou vários anos documentando a vida e a cultura dessas pessoas, e como elas mudaram sob a influência do mundo moderno. Uma tendência de moda interessante entre os Dassanech é o seu elaborado enfeite de cabeça, que eles fazem dos mais estranhos materiais, como tampinhas de garrafa, relógios de pulso, grampos e outras peças descartadas de plástico e metal.

Os Dassanech do sul da Etiópia. (Foto: Divulgação / Eric Lafforgue)
Os Dassanech do sul da Etiópia. (Foto: Divulgação / Eric Lafforgue)
Os Dassanech do sul da Etiópia. (Foto: Divulgação / Eric Lafforgue)
Os Dassanech do sul da Etiópia. (Foto: Divulgação / Eric Lafforgue)

Os Dassanech passam meses coletando tampas de garrafa e relógios quebrados, que as mulheres transformam em jóias eem acessórios, e estranhas perucas, que são usadas por homens e mulheres, jovens e velhos indistintamente.

"As meninas mais jovens e crianças usam a versão mais básica da peruca, enquanto as mulheres mais velhas se enfeitam com enfeites mais pesados e intrincados por serem considerados mais belos e atrativos", explicou o fotógrafo.

Os Dassanech do sul da Etiópia. (Foto: Divulgação / Eric Lafforgue)
Os Dassanech do sul da Etiópia. (Foto: Divulgação / Eric Lafforgue)

Os homens só podem usar as perucas até que se casem, depois disso, eles criam pequenos paramentos também para a cabeça feitos de couro e barro que são decorados com um padrão arlequim e com uma pena em cima, embora esta última só seja permitida após uma caça ou um confronto bem sucedido com um inimigo.

Os Dassanech do sul da Etiópia. (Foto: Divulgação / Eric Lafforgue)
Os Dassanech do sul da Etiópia. (Foto: Divulgação / Eric Lafforgue)

"As pessoas mais jovens parecem bem andróginas", diz o fotógrafo. 

"Os rapazes gostam de usar colares e brincos, enquanto as meninas têm mais músculos que os homens, porque elas fazem todo o trabalho pesado como carregar água".

Os Dassanech do sul da Etiópia. (Foto: Divulgação / Eric Lafforgue)
Os Dassanech do sul da Etiópia. (Foto: Divulgação / Eric Lafforgue)

Para evitar que seus adereços estraguem enquanto dormem, pois aparentemente eles nunca tiram, usam travesseiros para o pescoço especialmente feitos de madeira.

"Estes looks demoram semanas para serem feitos", disse Eric Lafforgue. 

Então eles jamais deixam que uma soneca possa arruinar seus belos acessórios".

Veja também

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Curtir
Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

PUBLICIDADE