Saúde

Uganda, na África, declara surto de Ebola

Atualmente existem oito casos suspeitos sendo tratados

Maria Fernanda Mota

Há 6 dias


Infecção é causada por um grupo de seis vírus do gênero Ebolavirus, sendo que apenas quatro causam doença em humanos. (Foto: Divulgação/OMS)
Infecção é causada por um grupo de seis vírus do gênero Ebolavirus, sendo que apenas quatro causam doença em humanos. (Foto: Divulgação/OMS)

Saúde - As autoridades de Uganda, na África, declararam nesta terça-feira (20), um surto de Ebola, após  a confirmação de um caso no distrito de Mubende, na região central do país. O Uganda Virus Research Institute confirmou o caso após os testes de uma amostra coletada de um homem de 24 anos.

Atualmente, existem oito casos suspeitos que estão recebendo atendimentos em uma unidade de saúde. “Esta é a primeira vez em mais de uma década que Uganda registra um surto de vírus Ebola do Sudão. Estamos trabalhando em estreita colaboração com as autoridades nacionais de saúde para investigar a origem deste surto, ao mesmo tempo que apoiamos os esforços para implementar rapidamente medidas de controle eficazes”, disse Matshidiso Moeti, diretor regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) para África, em comunicado.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A OMS afirma que oferece ajuda às autoridades de saúde de Uganda para a investigação. Foram enviados suprimentos para apoiar o atendimento e isolamento dos pacientes.

De acordo com a OMS, a vacinação em anel, utilizada para proteger pessoas em alto risco, com o imunizante Ervebo foi altamente eficaz no controle da propagação do Ebola em surtos recentes na República Democrática do Congo e em outros lugares. No entanto, a vacina só foi aprovada para proteger contra a linhagem do vírus do Zaire.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

PUBLICIDADE