Notícias

Olimpíadas de Tóquio

Seleção feminina goleia China na estreia das Olimpíadas de Tóquio

Com uma vitória maiúscula, Marta faz dois dos cinco gols marcados

Marcos Rodrigues

21/07/2021 20h00


Marta com o triunfo assume o posto de segunda maior artilheira da história do futebol feminino em Jogos Olímpicos (Fotos Públicas)
Marta com o triunfo assume o posto de segunda maior artilheira da história do futebol feminino em Jogos Olímpicos (Fotos Públicas)

A Seleção Brasileira começou com o pé direito e venceu a China por 5 a 0 na estreia  dos Jogos Olímpicos de Tóquio. A partida ocorreu às 17h (5h desta quarta-feira (21) no horário de Brasília), no estádio Miyagi, em partida válida pela primeira rodada do Grupo F. Marta (duas vezes), Debinha, Andressa Alves e Bia Zaneratto marcaram os gols da incrível goleada. 

Marta com o triunfo assume o posto de segunda maior artilheira da história do futebol feminino em Jogos Olímpicos, perdendo apenas para a canadense Christine Sinclair, com 12 gols, dois a menos que a brasileira Cristiane. 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A Seleção Brasileira teve um primeiro tempo espetacular, resistindo à pressão inicial da China. Aos oito minutos, Marta já balançava as redes, dando indícios de uma goleada. Após cruzamento, Debinha cabeceou no travessão e no rebote a camisa 10 chutou firme no meio do gol. O ritmo do Brasil seguiu forte, com boas jogadas e várias chances claras. As chinesas não conseguiram acompanhar e permitiram que seu adversário ampliasse o placar aos 21 minutos, após falha na defesa. 

Com um bom resultado conquistado na primeira etapa, o time brasileiro voltou acomodado para o segundo tempo e viu a China  ter grandes oportunidades de marcar, principalmente no inicio. Foi a vez de bárbara brilhar, fazendo ótimas defesas. 

Após os sustos, as meninas do Brasil acordaram e dominaram novamente a partida. A rainha Marta se encarregou de fazer seu segundo gol no jogo e terceiro da Seleção Brasileira, aos 28 minutos do segundo tempo. Andressa Alves, que havia entrado na etapa final, sofreu pênalti e converteu aos 36 minutos. Já no fim, Debinha cruzou na medida para Bia Zaneratto fechar a goleada.

PUBLICIDADE
Curtir
Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

PUBLICIDADE