Notícias

Pandemia

Rússia pretende aprovar vacina contra a covid-19 em agosto

A produção do imunizante começará a partir de setembro, informa a Reuters

Pâmela Lima

2020-07-29 20:14:11


Os agentes de saúde serão os primeiros a receber a vacina no país (Freepik)

A vice-primeira-ministra da Rússia, Tatiana Golikova, anunciou nesta quarta-feira (29) que a vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pelo Instituto Gamaleya de Epidemiologia e Microbiologia, em Moscou, receberá o registro em agosto e poderá ser produzida a partir de setembro.

A condição exigida pelo governo russo para a liberação é que o imunizante seja submetido a outro ensaio clínico com 1.600 pessoas. “Os ensaios clínicos (da vacina desenvolvida pelo Centro de Pesquisa Estatal Vector de Rospotrebnadzor) começaram, sua conclusão e o registro estatal estão planejados para setembro. O primeiro lote está previsto para ser produzido em outubro de 2020”, disse Golikova.

Segundo a agência de notícias Reuters, o instituto concluiu a fase inicial de testes em humanos neste mês e pretende começar os testes em larga escala em agosto.  Os agentes de saúde serão os primeiros a receber a vacina no país.

“Nós fomos procurados por emissários do governo russo. Porque essa vacina, ela é feita no instituto estatal russo, enfim, eles queriam saber se nós poderemos nos associarmos a ele para a produção dessa vacina”, relatou o presidente do instituto. Atualmente, o Brasil participa de ensaios clínicos conduzidos por Oxford/AstraZeneca, Sinovac Biotech e Pfizer/BioNTech.

Com informações do G1

Tags

Relacionadas