Notícias

Agronegócio

Puxadas pelo milho, exportações em outubro atingem US$ 8,4 bilhões

Algodão e carnes bovina e suína também tiveram destaque nas vendas externas

Karla Souza

2019-11-08 10:48:38


Milho teve safra recorde, em setembro, de 100 milhões de toneladas (Pixabay)

As exportações do agronegócio foram de US$ 8,41 bilhões em outubro deste ano, crescimento de 0,8% em relação aos US$ 8,35 bilhões no mês do ano anterior.

Segundo a Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a safra recorde de milho de quase 100 milhões de toneladas, de acordo com levantamento da Conab (setembro/2019), foi o principal fator que possibilitou o incremento das vendas externas do cereal, que registraram valor e quantidade recorde exportada para o mês de outubro. As exportações de milho foram de US$ 1 bilhão (+91,3%). A quantidade exportada do grão também foi recorde, de 3,1 milhões para 6,14 milhões toneladas exportadas (+97,6%).

O algodão (não cardado nem penteado) também mereceu destaque nas exportações de outubro. Elas  alcançaram US$ 440,73 milhões (+43,7%), correspondendo a 273,4 mil toneladas.

Foram exportados US$ 1,53 bilhão em carnes em outubro. Destacaram-se as exportações de carne bovina, com registros recordes de valor e quantidade, US$ 806,61 milhões (+30,4%) e 185,4 mil toneladas (+14,9%).

As vendas de carne suína também subiram, atingindo US$ 148,51 milhões (+38,5%) e 67,1 mil toneladas. Por outro lado, as vendas externas de carne de frango caíram 7,8%, atingindo US$ 529,13 milhões ou 326,9 mil toneladas (-8,3%).

 

O aumento das exportações do agronegócio ocorreu em função do crescimento da quantidade exportada (+6,8%). Por outro lado, o índice de preço das exportações teve redução de 5,7% na comparação com outubro de 2018.

As importações dos produtos do agronegócio também cresceram, passando de US$ 1,19 bilhão em outubro de 2018 para US$ 1,21 bilhão em outubro de 2019 (+1,3%).

A participação do agronegócio na balança comercial de outubro ficou em 46% do total exportado.

 

Com informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Tags

Relacionadas