Notícias

Aliado

Presidente eleito da Argentina celebra liberdade concedida a Lula

O peronista Alberto Fernández escreveu em suas redes sociais que ficou 'comovido' pela 'força' do petista

Pâmela Lima

2019-11-08 21:24:19


Fernández afirmou que Lula foi submetido a um sistema judicial arbitrário (Reprodução/Twitter)

A liberação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) repercutiu não só no Brasil, mas em vários países. O presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, usou seu perfil no Twitter para comentar a saída do petista da prisão. Ele afirmou que Lula foi submetido a um sistema judicial arbitrário.

O peronista se disse "comovido" pela "força" de Lula. "Sua força demonstra não apenas o compromisso, mas a imensidão daquele homem. Vida longa", escreveu Fernández na rede social. A vice-presidente argentina, Cristina Kirchner, também comemorou a decisão da Justiça brasileira. "Hoje cessa uma das maiores aberrações da lei na América Latina: a privação ilegítima da liberdade do ex-presidente da República Federativa do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva", comentou a ex-presidente da Argentina.

Tags

Relacionadas