PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Notícias

Olímpiadas de Tóquio

Presidente do Comitê Organizador das Olimpíadas de Tóquio é criticado por declarações machistas

Yoshiro Mori, presidente da entidade, disse em reunião do comitê que mulheres falam demais em reuniões e são competitivas

Pâmela Lima

10/02/2021 10h30


O Comitê Organizador das Olimpíadas de Tóquio tenta administrar a crise causada por declarações machistas do presidente da entidade, Yoshiro Mori, de 83 anos. Diante da repercussão negativa, Mori pediu desculpas e descartou a renúncia. Na sexta-feira (12), o comitê fará uma reunião para debater formas de promover a igualdade de gênero.

Foi um comentário inapropriado que ia contra o espírito do movimento olímpico e paraolímpico. Peço desculpas profundamente por isso”, disse Mori em entrevista coletiva realizada no dia 4 de fevereiro. O Comitê Olímpico Internacional também classificou os comentários do dirigente como “absolutamente inadequados”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

No contexto desafiador em que vivemos, agora mais do que nunca, diversidade é um valor fundamental que precisamos respeitar e através do qual devemos nos fortalecer. Os comentários recentes do presidente de Tóquio 2020 foram absolutamente inapropriados e em contradição com o compromisso do COI e as reformas da Agenda 2020”, consta em comunicado divulgado pela entidade. O comitê ainda destacou que as mulheres ocupam 49% das vagas na competição.

O caso mobilizou também patrocinadores dos Jogos, conforme adiantou o jornal “Japan Times”. Segundo a publicação, empresários temem os efeitos do incidente causado por Mori. Mais da metade das despesas das Olímpiadas do Japão são custeadas pela iniciativa privada. 

Polêmica

O jornal "The Asahi Shimbun" publicou na semana passada comentários feitos por Mori durante uma reunião virtual do comitê olímpico sobre a ampliação da participação de mulheres em organizações desportivas. O cartola criticou a ideia e justificou dizendo que as mulheres falam demais e são competitivas.

Disseram-me que se o JOC planeja aumentar os membros femininos dos conselhos executivos, as reuniões serão prolongadas, a menos que o tempo alocado para cada palestrante seja limitado até certo ponto. Não direi quem disse isso”, brincou Mori.

O dirigente ainda elogiou a postura das mulheres da entidade. “O comitê organizador inclui cerca de sete mulheres, mas todas sabem como se comportar”, disse ele.

Com informações do Globo Esporte e do Asahi Shimbun

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Tags

Relacionadas


PUBLICIDADE