Notícias

Vocação

Paulo Guedes diz que país vive processo de 'desindustrialização'

Pela primeira vez, atividade do agronegócio ultrapassa a indústria de transformação

Pâmela Lima

29/06/2021 15h30


Paulo Guedes participou do de lançamento do Plano Safra 2021/2022 
(Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)
Paulo Guedes participou do de lançamento do Plano Safra 2021/2022 (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a economia brasileira está passando por um processo de desindustrialização. Pela primeira vez, o agronegócio ultrapassou a indústria de transformação. A declaração ocorreu durante o evento de lançamento do Banco do Brasil de lançamento do Plano Safra 2021/2022. 

Fomos sendo desindustrializados lentamente, o que é ruim para o País. Agora o setor agro desafiou a baixa qualidade de políticas econômicas e afirmou sua vantagem comparativa no cenário mundial”, afirmou o ministro.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Segundo o ministro, o fato expõe a "vocação brasileira". “A pandemia demonstrou para o mundo a vocação brasileira. O Brasil já sabe da competitividade do agronegócio”, acrescentou Guedes.

O Banco do Brasil vai oferecer a pequenos e médios produtores R$ 34 bilhões na safra 2021/22, que começa em 1º de julho, de um total de R$ 135 bilhões que a instituição vai disponibilizar na temporada. O valor total é 20% maior do que o ofertado pelo banco na temporada 2020/21.

Na safra 2020/21, desembolsamos R$ 460 milhões por dia, R$ 115 bilhões em todo o ciclo. Também liberamos mais de R$ 1 bilhão por meio do PCA (programa para construção de armazéns e silos) e atendemos 5,4 mil municípios, considerando toda a cadeia do agronegócio”, afirmou o presidente do BB, Fausto Ribeiro. A atividade agropecuária no Brasil representa 8% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro e gera emprego para pelo menos 10% da população economicamente ativa do país.


 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Curtir
Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

PUBLICIDADE