PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Notícias

Comando

Ministro da Justiça vai trocar diretor-geral da Polícia Federal

Rolando de Souza foi escolhido para chefiar a PF em maio do ano passado

Pâmela Lima

06/04/2021 17h45


O diretor-geral da Polícia Federal (PF), Rolando Alexandre de Souza, ao lado do presidente Jair Bolsonaro (Reprodução/Isac Nóbrega/PR)
O diretor-geral da Polícia Federal (PF), Rolando Alexandre de Souza, ao lado do presidente Jair Bolsonaro (Reprodução/Isac Nóbrega/PR)

O diretor-geral da Polícia Federal (PF), Rolando Alexandre de Souza, deixará o cargo. É o que afirma a colunista Bela Megale, de “O Globo”. Segundo ela, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) concordou com a troca no comando da Polícia Federal e Souza foi comunicado na segunda-feira (5) sobre a mudança.

Rolando de Souza foi escolhido para chefiar a PF em maio do ano passado. Antes de aceitar o cargo, ele atuou na secretaria de Planejamento e Gestão da Abin (Agência Brasileira de Inteligência).

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A colunista apurou que Torres tem um nome em vista para o cargo e trata-se de alguém com perfil técnico. O ex-secretário adjunto da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, Alessandro Moretti; o superintendente da PF no DF, Márcio Nunes de Oliveira; o superintendente da PF em Minas Gerais, Cairo Duarte, e o diretor do Detran do Paraná, Wagner Mesquita são próximos ao novo ministro e podem ser indicados ao cargo.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Curtir
Tags

Relacionadas


PUBLICIDADE