Notícias

Acidente

Menino de 5 anos morre ao cair do nono andar de prédio em Recife

A perícia informou que Miguel Otávio Santana da Silva caiu de uma altura de 35 metros

Pâmela Liam

2020-06-05 18:11:49


A patroa foi presa em flagrante, mas deixou a delegacia após pagar fiança de R$ 20 mil (Divulgação)

Miguel Otávio Santana da Silva, de 5 anos, faleceu nesta terça-feira (5) após cair do nono andar do Condomínio Píer Maurício de Nassau, na região central da capital de Pernambuco.  A mãe da criança, Mirtes Renata Souza, trabalha como doméstica no local. Ela deixou o filho aos cuidados da patroa para passear com o cachorro da família.

Segundo nota divulgada pela Polícia Militar, a criança foi encontrada com vida pela mãe e por um médico, mas não resistiu e faleceu no Hospital da Restauração. O perito criminal André Amaral atendeu a ocorrência e informou que as evidências apontam para um acidente. A criança estava no quinto andar, deixou o apartamento e entrou no elevador para procurar a mãe. A patroa permitiu que ele continuasse no elevador e o menino sozinho chegou ao nono andar, onde fica a sala dos aparelhos de ar-condicionado. Miguel escalou uma grade na casa de máquinas, na parte da condensadora do ar-condicionado, e caiu. “Ele chegou ao guarda-peito, que é de alumínio. A quarta aleta dessa grade, que tem marca, quebrou", disse o perito ao G1. A criança caiu de uma altura de aproximadamente 35 metros.

A patroa, que não teve o nome divulgado, foi presa em flagrante, mas deixou a delegacia após pagar fiança de R$ 20 mil. A empregada revelou que trabalhava para o prefeito de Tamandaré, Sérgio Hacker, e a mulher dele, Sari Corte Real. A Polícia Civil não confirmou a identidade dos patrões de Mirtes. “Ela confiava os filhos dela a mim e a minha mãe. No momento em que confiei meu filho a ela, infelizmente ela não teve paciência para cuidar, para tirar [do elevador]. Eu sei, eu não nego para ninguém: meu filho era uma criança um pouco teimosa, queria ser dono de si e tudo mais. Mas assim, é criança. Era criança”, desabafou a mãe.

Com informações do G1

Tags

Relacionadas