Logomarca Mobile YouYes

Notícias

Recorde

Leilão de petróleo arrecada R$ 8,9 bilhões em bônus de assinatura

Do total de 36 blocos oferecidos, somente 12 foram arrematados e ficam no Sudeste

Pâmela Lima

2019-10-10 12:49:49


A ANP não recebeu lances para blocos do Nordeste e nove blocos da bacia de Santos (Divulgação/Marcelo Sayão/EFE/VEJA)

A Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) promoveu o leilão de 36 blocos exploratórios de petróleo e gás nesta quinta-feira (10) e arrecadou R$ 8,915 bilhões em bônus de assinatura com a concessão de 12 blocos. O governo autorizou a participação de 17 empresas no processo, incluindo as brasileiras Petrobras e Enauta.

O maior número de áreas leiloadas ficam na bacias de Santos e Campos. Segundo a ANP, o leilão terminou com ágio de 390,06%.  "Sempre achamos que seria um leilão exitoso e superamos as expectativas. Tivemos o recorde de bônus em leilão de concessões", afirmou ao final do leilão o diretor-geral da ANP, Decio Oddone.

A ANP não recebeu lances para blocos do Nordeste e nove blocos da bacia de Santos. O valor obtido nesta quinta com a concessão representa o dobro do bônus mínimo de assinatura de 3,2 bilhões de reais esperado para os 36 blocos. A empresa francesa Total faz parte do consórcio que propôs a maior oferta pela área.

Com informações do G1 e da Exame

Tags

Relacionadas