Logomarca Mobile YouYes

Notícias

Enem 2019

Inep cria comissão para avaliar conteúdo do Enem

Os membros da comissão ficarão responsáveis por verificar a %u2018pertinência com a realidade social%u2019

2019-03-20 12:06:32

A prova realizada no ano passado recebeu críticas pelo aspecto 'ideológico'

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou uma portaria nesta quarta-feira (20) que estabelece a criação de uma comissão destinada a avaliar o conteúdo das questões do Banco Nacional de Itens do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) usadas na composição das provas. O Inep divulgou em nota que o objetivo é promover uma “leitura transversal” que assegure “a pertinência [das questões] com a realidade social”.

A comissão será composta pelo secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior do MEC, Marco Antônio Barroso Faria; pelo diretor de estudos educacionais do Inep, Antonio Maurício Castanheira das Neves, e pelo de justiça de Santa Cataria, representante da sociedade civil, Gilberto Callado de Oliveira.

Segundo o presidente do Inep, a comissão deverá analisar as questões além do ponto de vista técnico, contemplando ainda “as expectativas da sociedade em torno de uma educação para o desenvolvimento de um novo projeto de país”. As questões consideradas dissonantes passarão por adequação para posterior inclusão, se for o caso. “Os participantes podem ficar tranquilos, pois nada disso afetará seu desempenho e suas oportunidades de acesso à Educação Superior”, declarou Marcus Vinícius.

A comissão terá até dez dias para verificar as questões e o resultado passará pelo crivo do diretor da Avaliação Básica e, por último, do presidente do Inep. No ano passado, várias questões da prova causaram polêmica e se tornaram objetos de crítica, como foi o caso do dialeto usado entre tavestis.

Com informações do G1