Saúde

Governo negocia antecipação do envio das vacinas contra a varíola dos macacos

Primeira remessa será usada em profissionais de saúde

Pâmela Lima

Há 13 dias


(Foto: Nikos Pekiaridis/NurPhoto/Direitos reservados)
(Foto: Nikos Pekiaridis/NurPhoto/Direitos reservados)

Prevenção - O Ministério da Saúde confirmou nesta quarta-feira (3) que negocia a antecipação da entrega das 50 mil doses da vacina contra a varíola dos macacos adquiridas pelo governo brasileiro por intermédio da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas). O prazo inicial de entrega é setembro, mas o objetivo é conseguir as doses ainda neste mês.

Segundo a pasta, o país conta com mais de 1,4 mil casos da doença e um óbito confirmado. Trata-se de um homem de 41 anos que tinha histórico de câncer e baixa imunidade e morreu em Belo Horizonte. A doença atinge principalmente homossexuais, porque a via sexual é uma das formas mais comuns de transmissão da variante símia da varíola.  

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse nesta semana que o país receberá o antiviral tecovirimat, que possui eficácia no combate ao vírus. De acordo com o ministro, as primeiras remessas serão reservadas a “casos mais graves".

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

PUBLICIDADE