Notícias

Classificado

Flamengo dá show no Mané Garrincha e goleia o Defensa Y Justicia por 4 a 1

Michael e Vitinho saíram do Banco, tiraram a equipe do sufoco e foram cruciais para a construção do placar e a classificação do Flamengo para as quartas de final da Libertadores

Guilherme Cardoso

22/07/2021 10h15


Vitinho, autor de dois gols (Foto: Alexandre Vidal/CRF)
Vitinho, autor de dois gols (Foto: Alexandre Vidal/CRF)

Mais um time classificado para as quartas de final da Libertadores. Ontem (21/07) foi a vez do Flamengo se garantir. A goleada pra cima do Defensa Y Justicia teve público em Brasília, 5.518 pessoas acompanharam a partida. Teve falha de goleiro e redenção de criticados pela torcida. Os gols foram de Rodrigo Caio, Arrascaeta e Vitinho (2). Agora, o Flamengo espera o vencedor de Internacional e Olímpia, que se enfrentam hoje à noite.

O Flamengo começou o jogo no mesmo ritmo de domingo passado, quando também goleou o Bahia. Marcando em cima, construindo bem as jogadas e dominando os argentinos. O time brasileiro abriu o placar aos 8 minutos. Em escanteio bem cobrado por Everton Ribeiro, Rodrigo Caio subiu lá em cima para cabecear e balançar as redes. Muita comemoração do zagueiro que sofre demais com as lesões e sempre que atua dá aula aos defensores. Bruno Henrique estava em noite agitada também, correu nos moldes de 2019 e deu trabalho para os hermanos. Arrascaeta quase marcou em cobrança de falta, acertando o travessão. Aos 39, a trapalhada do goleiro flamenguista. Diego Ribas recuou e Diego Alves foi chutar pra frente e Loaiza chegou colocando o pé e empatou o jogo. Bola mal recuada e muito mal chutada pra frente sem ver o adversário. Displicência pura do arqueiro.

Jogadores do Flamengo agradecendo a presença do público (Foto: Alexandre Vidal/CRF)
Jogadores do Flamengo agradecendo a presença do público (Foto: Alexandre Vidal/CRF)
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O gol de empate fez os argentinos voltarem mais animados para a segunda etapa. O Defensa tentou acuar o Flamengo nos primeiros minutos. O time de Renato ficou nervoso e começaram a aparecer os cartões amarelos. Everton Ribeiro e Diego foram os amarelados. Aos 18, a mudança que teve o dedo do treinador. Michael entrou e com confiança foi pra cima do adversário. Aos 20, após cruzamento na área, a bola sobrou para o ex-jogador do Goiás, que emendou um chute na trave. O rebote sobrou certinho para Arrascaeta cabecear e fazer o segundo do Flamengo.

Michael está mais animado e com o apoio de Renato pode evoluir ainda mais. Aos 37, outro jogador contestado teve seu brilho acesso. Acionado por Arrascaeta, o camisa 11 chutou cruzado, a bola passou por baixo do goleiro e entrou. Já nos acréscimos, em bela trama saiu o quarto gol do Flamengo. Na arrancada de Michael, os atacantes avançaram, a bola chegou em Gabigol, que serviu Vitinho. O atacante limpou a marcação e finalizou no contrapé de Unsain. Golaço pra fechar a conta e carimbar a classificação.

O Flamengo está nas quartas da Libertadores. Dessa vez, no brilho de Renato Gaúcho. Confiou nos jogadores, deu moral e teve resultado. No geral, uma bela partida. Teve falhas, sim. Essas serão certamente consertadas. Diego Alves jamais vai dar um chutão daqueles novamente. Após a saída de Rogério Ceni, o ambiente é outro, mais leve, animado e solto pra fazer o que sabem. Com Renato, já são três vitórias, 10 gols marcados e apenas um sofrido. Está dando caldo.


Incorporar:


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Curtir
Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

PUBLICIDADE