Cultura

Exposição de grafites homenageia personalidades negras

Mostra ocorre no Museu da Imagem e do Som, em São Paulo, e conta com obras de 81 artistas

Jucielle Leal

Há 24 dias


A iniciativa faz parte da programação da Virada da Consciência Negra (Foto: Reprodução/Agência Brasil)
A iniciativa faz parte da programação da Virada da Consciência Negra (Foto: Reprodução/Agência Brasil)

Cultura - Uma exposição coletiva de grafites que ocorre no Museu da Imagem e do Som (MIS), em São Paulo, está homenageando 81 personalidades negras. A mostra, que marca em novembro o mês da Consciência Negra, conta com obras de 81 artistas da periferia de cidades paulistas.

A iniciativa faz parte da programação da Virada da Consciência Negra, composta por 220 atividades nos museus, bibliotecas, teatros, Fábricas de Cultura e instituições da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

[A nossa intenção é] dar grande visibilidade aos artistas negros e suas obras de maneira a evidenciar a imensa contribuição que esses artistas deram para a cena cultural do nosso país ao longo do tempo. A ideia foi realizar atividades que sejam capazes de dar esta visibilidade, que é uma visibilidade mais do que merecida, mais do que justa. [Propusemos] atividades que estimulem o público a refletir sobre esse mal que é o racismo, que infelizmente ainda persiste na sociedade brasileira, e é um mal que precisa ser extirpado, que precisa ser combatido. A ideia é que essas atividades convidem a população a pensar e refletir sobre a questão do racismo, mas com este sentido, de gerar indignação em relação ao racismo e gerar o repúdio ao racismo”, destacou o secretário de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão.

Entre as personalidades negras homenageadas está Emanoel Araújo, fundador, diretor e curador do Museu Afro Brasil, falecido no último dia 7 de setembro, reconhecido por defender, valorizar e dar visibilidade à produção afro-brasileira nos mais diversos campos. Também é homenageada a cantora Elza Soares, falecida no início do ano, e referência da música negra.

Com informações de “Agência Brasil”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

PUBLICIDADE