PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Notícias

Pandemia

Estudo aponta eficácia de 50% da CoronaVac contra variante brasileira

O imunizante foi testado em casos sintomáticos da doença

Pâmela Lima

07/04/2021 16h00


O estudo contou com a participação de 67.718 trabalhadores da saúde de Manaus (Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini)
O estudo contou com a participação de 67.718 trabalhadores da saúde de Manaus (Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini)

O grupo Vebra Covid-19 divulgou nesta quarta-feira (7) o resultado preliminar da eficácia da CoronaVac, vacina produzida pelo Instituto Butantan contra o novo coronavírus, para prevenir a variante brasileira P.1. Segundo a pesquisa, o imunizante obteve 50% de eficácia após 14 dias da aplicação da primeira dose e foi testado em casos sintomáticos da doença.

O estudo contou com a participação de 67.718 trabalhadores da saúde de Manaus, no Amazonas. O grupo responsável pelo estudo afirmou que também irá analisar a efetividade da Coronavac e da vacina de Oxford/AstraZeneca em idosos de Manaus, Campo Grande e São Paulo.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O Vebra Covid-19 é composto por pesquisadores de instituições nacionais e internacionais, servidores da Secretaria de Saúde do Amazonas, Secretaria de Saúde de São Paulo, Secretaria de Saúde de Manaus e Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo. O artigo científico com a conclusão da pesquisa será publicado até o próximo sábado (10).

Com informações da Época

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Curtir
Tags

Relacionadas


PUBLICIDADE