Saúde

Brasil vai receber antiviral contra varíola dos macacos

Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) irá enviar o medicamento

Pâmela Lima

Há 15 dias


(CDC/BRIAN W.J. MAHY/Direitos reservados)
(CDC/BRIAN W.J. MAHY/Direitos reservados)

Doença - O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, informou nesta segunda-feira (1º) que o Brasil vai receber um antiviral utilizado contra a varíola dos macacos. O medicamento será enviado pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). A pasta encomendou ainda 50 mil doses de vacinas contra a doença que devem começar a chegar em setembro.

Estudos indicam que o antiviral tecovirimat é eficiente em reduzir a duração dos sintomas e o tempo de transmissão do vírus. A doença é transmitida pela via sexual e pelo contato com as secreções dos infectados, incluindo compartilhamento de lençóis e toalhas.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Segundo o ministério, o Brasil possui 1.369 casos confirmados de varíola dos macacos. São Paulo concentra a maioria dos pacientes: 1.031. Há casos ainda no Rio de Janeiro (169), Minas Gerais (63), Distrito Federal (20), Paraná (21), Goiás (18), Bahia (11), Ceará (4), Rio Grande do Norte (2), Espírito Santo (2), Pernambuco (7), Tocantins (1) , Acre (1), Amazonas (1), Rio Grande do Sul (6), Mato Grosso do Sul (5), Amazonas (1), e Santa Catarina (7).

A varíola dos macacos é uma doença causada pelo vírus monkeypox e não costuma ser letal. A única morte pela doença registrada no país ocorreu em um paciente de 41 anos de Minas Gerais que tinha câncer. Os sintomas da doença incluem febre, dor de cabeça, dores musculares, dor nas costas, gânglios (linfonodos) inchados, calafrios e cansaço excessivo. 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

PUBLICIDADE