Saúde

Brasil investiga sete casos suspeitos de hepatite aguda infantil

Um bebê de oito meses morreu em Maricá, na região metropolitana do Rio de Janeiro, com suspeita da doença

Pâmela Lima

Há 53 dias


(Foto: Arquivo/Agência Brasil)
(Foto: Arquivo/Agência Brasil)

Doença - O Ministério da Saúde investiga sete casos suspeitos de hepatite aguda infantil. Três ocorreram no Paraná e quatro no Rio de Janeiro. A doença pode ser a causa da morte de um bebê de oito meses, em Maricá (RJ). Os primeiros casos de hepatite aguda infantil surgiram em abril no Reino Unido.

No entanto, exames indicam que o adenovírus responsável pela doença costuma ter complicações graves em crianças com sistema imunológico comprometido, mas até as saudáveis apresentaram formas graves da doença. Cerca de 200 casos foram registrados em mais de 20 países.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A hepatite é uma inflamação do fígado. Quando a inflamação ocorre de forma rápida e abrupta, é classificada como aguda. Entre os sintomas estão,  diarreia, vômito, febre, dores musculares e icterícia, que ocorre quando a pele e os olhos ficam com uma coloração amarelada.

Geralmente, a inflamação pode ser cura após algumas semanas ou até seis meses. No entanto, alguns casos apresentam maior gravidade e evoluem para óbito. Em caso de suspeita da doença, o ministério determina a notificação imediata.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

PUBLICIDADE