PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Notícias

Mudanças

Bolsonaro diz que precisa 'trocar peças que não estejam dando certo'

O presidente indicou o general Joaquim Silva e Luna para a presidência da Petrobras

Pâmela Lima

20/02/2021 13h00


O presidente Jair Bolsonaro participou neste sábado (20) de um evento na escola preparatória de cadetes do Exército, em Campinas (SP), e comentou a mudança no comando da Petrobras. Ele indicou o diretor-geral da Itaipu Binacional e ex-ministro da Defesa no governo Temer (MDB), general Joaquim Silva e Luna, para o posto até então ocupado pelo economista Roberto Castello Branco.

Eu tenho que governar. Trocar as peças que porventura não estejam dando certo. Se a imprensa está preocupada com a troca de ontem, na semana que vem teremos mais. O que não falta para mim é coragem de decidir pensando no bem maior da nossa nação”, afirmou o presidente.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Bolsonaro ficou insatisfeito com o quarto aumento seguido nos preços dos combustíveis. Recentemente, o governo teve de lidar com a ameaça dos caminhoneiros de uma nova greve por causa do custo elevado do diesel. Em janeiro, Castello Branco disse que a reclamação da categoria é “um problema que não é da Petrobras”.

Após a indicação do general, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, garantiu pela manhã que o governo “jamais irá intervir em preços e acredita no livre mercado” e que a mudança é apenas um “fato isolado” resultante da “falta de afinidade entre o PR e o Castello”.

Com informações de O Globo

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Tags

Relacionadas


PUBLICIDADE