PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Notícias

Ampliação

Banco Central libera transferência financeira via WhatsApp

O WhatsApp anunciou a funcionalidade em junho do ano passado e informou que será cobrada uma taxa de 3,99% por transação, mas apenas de empresas

Pâmela Lima

31/03/2021 10h30


O WhatsApp anunciou a funcionalidade em junho do ano passado (Pixabay)
O WhatsApp anunciou a funcionalidade em junho do ano passado (Pixabay)

Após 10 meses de estudo, o Banco Central (BC) autorizou nesta semana a realização de transferências entre usuários do WhatsApp. O aplicativo firmou uma parceria com a Visa e a Mastecard e deve disponibilizar a função "em breve". A possibilidade de compra pelo app ainda está em análise pela autoridade monetária.

O BC acredita que as autorizações concedidas poderão abrir novas perspectivas de redução de custos para os usuários de serviços de pagamentos”, informou o BC.  O WhatsApp comemorou  a decisão da autoridade monetária.  “Recebemos com muita satisfação a decisão de hoje do Banco Central sobre a aprovação do nosso pedido de licença como iniciador de pagamentos, e estamos empenhados nos preparativos finais para disponibilizar esta funcionalidade do WhatsApp no Brasil assim que possível. Agora, mais do que nunca, pagamentos digitais seguros e convenientes oferecem uma solução vital para transferir dinheiro rapidamente para pessoas que necessitam e auxiliar empresas em sua recuperação econômica. Compartilharemos mais informações assim que a função de pagamentos estiver disponível no WhatsApp”, explicou a empresa de mensagens.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O WhatsApp anunciou a funcionalidade em junho do ano passado e adiantou na época que será cobrada uma taxa de 3,99% por transação, mas apenas de empresas. Os usuários poderão usar cartões de débito da Visa e da Mastercard dos bancos Nubank, Sicredi e Banco do Brasil em uma transferência intermediada pela Cielo. Outras empresas do ramo devem aderir ao projeto.

Com informações de O Globo

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Curtir
Tags

Relacionadas


PUBLICIDADE