PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Notícias

Terrorismo

Atentado terrorista em igreja na Indonésia deixa pelo menos 20 feridos

O ataque à bomba ocorreu após o fim da missa do Domingo de Ramos, na catedral do Sagrado Coração de Jesus, em Makassar

Pâmela Lima

28/03/2021 19h20


(Reprodução)
(Reprodução)

Dois membros do grupo terrorista Estado Islâmico promoveram um ataque suicida na manhã deste domingo (28) após a missa do Domingo de Ramos realizada na catedral do Sagrado Coração de Jesus, sede da arquidiocese de Makassar, no Leste da Indonésia. Pelo menos 20 pessoas ficaram feridas no atentado à bomba.

Os criminosos invadiram a igreja em uma motocicleta e acionaram as bombas, conforme relato de autoridades do país. “Dois criminosos morreram, um homem e uma mulher. Eram membros do grupo JAD [Jamaah Ansharut Daulah] que cometeu um atentado com bomba em Jolo nas Filipinas em 2019”, informou o chefe da polícia nacional indonésia, Listyo Sigit Prabowo. O ataque citado pelo chefe da polícia ocorreu em uma igreja católica na ilha de Jolo, e deixou 21 mortos.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A Indonésia é o país de maioria muçulmana mais populoso do mundo. Em maio de 2018, pelo menos treze pessoas foram mortas em ataques contra três igrejas cristãs na ilha de Java, que foram reivindicados pelo Estado Islâmico.

O presidente indonésio, Joko Widodo, condenou o atentado terrorista. “O terrorismo é um crime contra a humanidade. Faço um apelo a todos para que lutem contra o terrorismo e o radicalismo, que são contrários aos valores religiosos”, disse Widodo.

O Papa Francisco afirmou que rezou pelas vítimas da violência, “particularmente pelas do ataque desta manhã na Indonésia, diante da catedral de Makassar”.  

Com inormações do G1

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Curtir
Tags

Relacionadas


PUBLICIDADE