PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Notícias

Perda

Aos 98 anos, morre o ícone da moda Pierre Cardin

Estilista italiano que fez carreira na França foi o primeiro a lançar uma coleção masculina

Pâmela Lima

29/12/2020 17h30


Um dos nomes mais celebrados da moda internacional, o estilista Pierre Cardin faleceu nesta terça-feira (29), aos 98 anos, no hospital de Neuilly-sur-Seine, em Paris. A família não divulgou a causa da morte. Visionário, criador de tendências e talentoso, ele deixa um legado de sucesso, inovação e uma marca bilionária.

Cardin foi um dos responsáveis por disseminar o conceito do “prêt-à-porter” após o final da Segunda Guerra Mundial, criou os terninhos sem colarinho e se tornou o primeiro estilista a lançar uma coleção masculina, criando o conceito de moda unissex.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

“Dia de grande tristeza para toda a nossa família, Pierre Cardin já não está. O grande costureiro que foi, atravessou o século, deixando à França e ao mundo uma herança artística única na moda, mas não apenas isso. Todos temos orgulho da sua ambição tenaz e da ousadia que demonstrou ao longo da sua vida. Homem moderno, de muitos talentos e de uma energia inesgotável, desde muito cedo nos fluxos da globalização dos bens e do comércio. Suprema consagração, ele é o primeiro estilista a entrar na Academia de Belas Artes (em 1992), fazendo com que a moda seja reconhecida como uma arte por direito próprio”, ressalta o comunicado divulgado pela família.

Nascido em 1922, Cardin deixou Veneza, na Itália, aos 2 anos para fugir do fascismo. A família se mudou para a França e o estilista encontrou no país um ambiente propício para desenvolver seu talento. Pierre conseguiu o primeiro trabalho dele no mundo da moda aos 14 anos em uma alfaiataria em Saint-Etienne. Ele passou por uma casa de moda em Vichy e atuou como contador na Cruz Vermelha. Em 1944, aceitou a oportunidade de emprego na Maison da renomada estilista Jeanne Paquin.

Três anos depois, começou a trabalhar para outro gigante do segmento, o também estilista Christian Dior. Em 1950, decidiu montar a própria Maison e criou um estilo único, com elementos vanguardistas e futuristas em seus modelos. Além da moda, Cardin ampliou sua empresa para os ramos de hotelaria, perfumaria e restaurantes.

Com informações do G1

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Curtir
Tags

Relacionadas


PUBLICIDADE