Cultura

Aos 4 anos, pintora brasileira é convidada para expor no Louvre

Quadros de Manu Martins viralizaram na internet e chamaram a atenção de uma artista profissional, que fez o convite para uma mostra em Paris

Jucielle Leal

Há 5 dias


Manu Martins pinta os quadros sozinha, usando as mãos (Foto: TV TEM/Reprodução)
Manu Martins pinta os quadros sozinha, usando as mãos (Foto: TV TEM/Reprodução)

Arte - Com apenas 4 anos, Manu Martins é uma talentosa pintora que mora em Assis, São Paulo. Seus trabalhos lhe renderam um convite internacional e muito especial: uma exposição no Louvre, importante museu de Paris, na França.

O convite veio da artista profissional Lisandra Miguel, depois que os quadros da pequena viralizaram na internet. Os pais de Manu, Josimara Martins Alves Silvestre e João Paulo Silvestre de Oliveira, compartilharam as pinturas nas redes sociais e com amigos e familiares.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O que me chamou a atenção foi a forma espontânea de criar suas artes. Ela desenvolve um estilo expressionista abstrato e se concentra muito no momento da sua criação, além de se preocupar com os acabamentos e de criar os títulos das suas obrasO Carrossel do Louvre é um importante espaço de arte contemporânea que acontece no conjunto de palácios onde abriga o museu do Louvre em Paris e nós oficializamos esse convite para ela participar desse grande evento”, contou Lisandra.

A exposição é só no ano que vem, mas a família já está se mobilizando para conseguir realizar esse sonho. “Minha filha em um museu que é reconhecido internacionalmente! É muito gratificante poder realizar esse sonho, porque é uma coisa dela. É ela realizando um sonho nosso também. Para um pai isso é muito emocionante”, disse o pai.

Pintura despretensiosa 

Manu Martins pinta sozinha em casa. Em sua curta carreira, já são vários quadros com sua arte que, por enquanto, estão decorando o corredor da casa da família, mas a ideia é aproveitar ao máximo o talento dela para transformá-la em uma super artista.

Os maiores incentivadores de Manu são os pais dela, que perceberam logo cedo que a menina fazia desenhos incomuns, mas com contexto.

Eu percebi que ela construía um conceito, não era só casinha, boneca e pessoas, tinha um conceito e percebi que tinha algo especial, então eu ofereci a tela. Ela começou a pintar na tela e eu a pendurar os quadros na sala de casa" , explicou a mãe.

A pequena pintora também mostra que sabe o que está fazendo. Sem medo de se sujar, ela se senta no chão da casa, mistura as cores, preenche os espaços e cria todo o acabamento, digno de uma grande obra.

Quando eu era menor era no papelão, agora é na tela. Sozinha eu uso a mão mesmo, quando estou com os amigos pinto com o pincel”, afirmou Manu.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Curtir
Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

PUBLICIDADE