PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Notícias

Pandemia

Anvisa quer reunião com governadores para discutir a liberação da vacina russa Sputnik V

Segundo a agência, para prosseguir com a análise do pedido de uso emergencial do imunizante, é preciso apresentar a documentação que está pendente

Pâmela Lima

05/04/2021 21h00


A Anvisa ainda não recebeu a documentação necessária para conceder autorização (Foto: Divulgação/Sputnik Vaccine)
A Anvisa ainda não recebeu a documentação necessária para conceder autorização (Foto: Divulgação/Sputnik Vaccine)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) convocou os governadores dos 11 Estados que manifestarem interesse em importar a vacina russa Sputnik V para uma reunião nesta semana. Segundo a agência, o objetivo do encontro é expor as dificuldades em concluir a análise do pedido de uso emergencial da vacina.

Os governadores que querem a importação da Sputnik V são: Acre, Bahia, Rio Grande do Norte, Maranhão, Mato Grosso, Piauí, Ceará, Pernambuco, Pará, Sergipe e Rondônia. A Anvisa ainda não recebeu a documentação necessária para dar fundamentar a autorização.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Segundo o “Valor”, a intenção da Anvisa é pedir que os governadores pressionem a União Química, que representa a vacina desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, a fornecer os dados técnicos pendentes. A agência brasileira recebeu até na semana passada cerca de 1 mil páginas com informações sobre a vacina russa. Para efeito de comparação, pela Jannsen continha mais de 28 mil páginas.

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Curtir
Tags

Relacionadas


PUBLICIDADE